DMAD

7º Retiro Doutoral em Média-Arte Digital

AD ASTRA PER ASPERA

O Retiro Doutoral é um momento alto do primeiro ano do Doutoramento em Média-Arte Digital, em que estudantes, professores, convidados e público em geral partilham um espaço comum de fruição de ideias, experimentação artística, análise de resultados e lançamento de desafios futuros.

Uma vez mais o retiro doutoral do DMAD adota o mote “através da adversidade a caminho das estrelas”, como símbolo de perseverança, num projeto que, tendo sido pioneiro em Portugal, não hesita em se reinventar e adaptar, no sentido de ir cada vez mais ao encontro das aspirações dos seus estudantes.

Neste sentido, e pela primeira vez, o Retiro do DMAD apresenta uma presença na Web que substitui o até agora habitual “Livro de Bordo” impresso. Pretende-se assim garantir a permanente atualização dos conteúdos, a facilidade de consulta através de computadores e dispositivos móveis e, acima de tudo, criar um repositório dinâmico e histórico, onde seja possível consultar de forma simples todo o percurso – geográfico, cultural, científico e artístico – do DMAD em anos vindouros.

Ao escolher Óbidos pela segunda vez, para muitos docentes isto representa uma espécie de “regresso a casa”, mas a verdade é que iremos estar também numa nova casa, e nova em todos os sentidos.

A Casa José Saramago, que nos acolhe, é ela também um projeto de renovação e reinvenção numa vila que não hesita em abraçar as suas várias dimensões – histórica, cultural, literária, gastronómica – como ainda aposta na abertura ao digital e às formas de expressão artística dos novos media. A sua cedência resulta do inexcedível apoio da Câmara Municipal de Óbidos, a quem agradecemos também este acolhimento, e que tem como retorno a abertura de portas à população do concelho e seus visitantes de todas as atividades culturais e artísticas públicas do Retiro Doutoral.

Apesar de repetirmos o mote, existe algo que torna o programa deste retiro verdadeiramente único, que é a sua multidimensionalidade, bem patente nas várias sessões que serão realizadas: Arte, Comunicação e Contemporaneidade; Geometria e Imersão Visual; Intervenção Artística e Interculturalidade; Média e Arte Digital; Métodos de Investigação; Narrativas e Jogos Digitais; Sensores e Atuadores e Som e Música Digital.

Mas para amplificar esta multidimensionalidade através da partilha de experiências pessoais e profissionais também muito contribuem os convidados, cada um deles materializando uma nova e enriquecedora dimensão do ecossistema da Média-Arte Digital.

Tony Brooks e Eva Brooks irão trazer exemplos de projetos em que a criatividade digital está ligada às dimensões de investigação, empreendedorismo e inovação, incidindo em áreas como os jogos educativos e a saúde.

Depois de uma exposição individual recente no Museu Nacional de Arte Contemporânea, Miguel Soares irá trazer a sua experiência de artista 3D, pioneiro em Portugal, e partilhar as várias dimensões do seu percurso pessoal e criativo.

Sandra Boto traz consigo a dimensão das Humanidades Digitais e da investigação criativa sobre a riqueza da língua e da expressão escrita, tema que encontra em Óbidos, Vila Literária, um meio convidativo e propício ao seu desenvolvimento e debate.

Pedro Cabral Santo aborda os dispositivos de criação e de fruição da arte na contemporaneidade, questionando a geração de imagens artísticas num universo complexo e hiperimagético.

Isabel Carvalho falará sobre a forma como a média-arte locativa conjuga arte e tecnologia, incentiva e explora intervenções de vivência do espaço público.

Jônatas Manzolli e Marcos Mucheroni trazem um artefacto desenvolvido expressamente para o 7º retiro doutoral do DMAD, numa homenagem a Josefa de Óbidos mediada pelas tecnologias digitais.

Um dos focos de interesse de todos os retiros doutorais é a apresentação pública dos Projetos de Arte Computacional, que este ano se juntam numa exposição designada “Tradição, Tecnologia e Arte”, cuja curadoria foi realizada de forma colaborativa pelos estudantes de Intervenção Artística e Interculturalidade.

E todos nós e vós iremos criar diariamente as restantes dimensões que nos levarão daqui até às estrelas…

… e iremos identificar todas as publicações em redes sociais com #DMAD2019 para facilitar a sua localização e divulgação!

Adérito Marcos (Diretor)
Mirian Tavares (Subdiretora)
José Bidarra (Subdiretor)

Pedro Alves da Veiga (Coordenador do Retiro)

 

Organização: