DMAD

Humanidades Digitais – Sandra Boto

As Humanidades Digitais são a “big thing” que despontou nas últimas décadas e que parece abalar os fundamentos da investigação e do ensino em Humanidades, Artes e Ciências Sociais. Ganharam, por isso, espaço central numa controvérsia que opõe aqueles que as defendem aos seus mais acérrimos detratores.
Se é certo que o conceito de Humanidades Digitais se precisa melhor a partir da definição do que não são Humanidades Digitais, começaremos, neste seminário, por explorar justamente as dificuldades conceptuais e as especificidades que pautam o campo, na atualidade. Traçaremos ainda uma breve contextualização histórica e relacionaremos as Humanidades Digitais com o paradigma tecnológico vigente, para explorarmos por fim alguns projetos e ferramentas emblemáticos, sem deixarmos de chamar a atenção para as desigualdades de implementação nos diversos espaços geo-culturais.

Sandra Boto é Investigadora Auxiliar do CIAC/Universidade do Algarve desde 2019. Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas – variante de Estudos Portugueses pela Universidade do Algarve e em 2012 doutorou-se em Línguas, Literaturas e Culturas – Estudos Literários pela Universidade Nova de Lisboa, com a tese ‘As Fontes do Romanceiro de Almeida Garrett. Uma Proposta de Edição Crítica’. A sua investigação de doutoramento foi desenvolvida com o apoio de uma bolsa concedida pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Realizou, entre 2013 e 2019, o pós-doutoramento no CIAC/UAlg e no CLP/UC, também com bolsa atribuída pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Atualmente, frequenta o Master em Humanidades Digitais da Universidad de Enseñanza a Distancia de Madrid.  Da sua atividade científica, destaca-se o projeto Romanceiro.pt, do qual é responsável científica, e a coordenação do “Garrett Online”, investigação que ganhou recentemente um projeto da Fundação Calouste Gulbenkian. Ensinou na Universidad de Huelva, na Universidade do Algarve e na Universitat Autònoma de Barcelona, onde dirigiu o Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões. Da sua experiência docente, destaca-se o ensino de Português para Estrangeiros e de Literatura Espanhola.