DMAD

Emotions to Scenes – E2S

O Artefacto «Emotions to Scenes» parte do problema ou conflito da interpretação que fazemos das imagens que recebemos e como as associamos às nossas emoções. Através do artefacto o usufruidor poderá testar o posicionamento das suas emoções em relação à sociedade, simbolizada por todos os que usufruam do artefacto.

Numa época tão mediática como atual, na qual estamos constantemente a receber imagens em movimento com mensagens provocadoras da nossa sensibilidade emocional, o artefacto permite uma experiência em torno destes estímulos visuais e verificar se a interpretação que fazemos, converge ou diverge da dos outros. Neste sentido, artefacto pretende ser um contributo para a reflexão em torno das literacias para os media no contexto dos atuais estilos de vida online.

Entendendo a arte como a comunicação de emoções e sendo o cinema considerado a 7ª arte ou a arte suprema, é justo considerá-lo como a melhor forma de comunicar emoções. Neste sentido, torna-se fundamental, a tomada de consciência sobre os estados emocionais desencadeados perante as imagens fílmicas que cada um recebe, um processo mobilizador das novas literacias para os media, mas também de uma reflexão cognitiva.

No plano físico o artefacto é composto por 2 elementos, um livro transformado (em exposição) e pelo smartphone do usufruidor. Em exposição estará apenas o Elemento 1 do artefacto, que consiste num livro antigo, exposto ao público aberto, devidamente trabalhado de forma a integrar alguns componentes dos tecnológicos como um tablet com um vídeo em play contínuo (loop) de um excerto de uma cena do filme Dead poets society.

O Elemento 2 não estará em exposição porque é virtual. É composto pelo smartphone do usufruidor, em termos físicos, sendo a parte digital constituída pelo questionário online. O usufruidor visualizará um pequeno questionário online, aberto através de um QR code presente no vídeo do elemento 1, com uma pergunta para que este escolha uma opção. Depois da resposta ser submetida será visualizado no smartphone o resultado de todas as pessoas que já responderam. Induzindo o usufruidor numa reflexão cognitiva sobre suas emoções e confronto com os resultados dos outros que também experienciaram o artefacto.

Emotions to Scenes: http://www.e2s.site/

João Pinto é licenciado em Educação – minor em Pedagogia Social e da Formação, Mestre em pedagogia do Elearning e doutorando em Média-Arte Digital pela Universidade Aberta. É investigador colaborador do Laboratório de Educação a Distância e Elearning (LE@D), Universidade Aberta e realiza investigação em Cinema, Educação e Redes sociais no Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC), Universidade do Algarve.

É um observador atento dos novos estilos de vida da nossa sociedade, cada vez mais digitais, online e em rede. Um contexto no qual a arte encontra novos desafios e oportunidades para ajudar o indivíduo a compreender e a intervir no mundo que o rodeia.