DMAD

Conto Interativo

Um projeto de arte computacional de Ana Cristina Completo, baseado na fábula da bordadeira de Fernando Pessoa.

Este conto inicia a sua narrativa através de um pequeno vídeo em desenho animado que apresenta uma encomenda feita por uma rainha a uma bordadeira para que bordasse uma rosa branca. A bordadeira convida o observador a colaborar e procurar uma rosa segundo a demanda da rainha. A rainha solicitará através de um texto a região onde deverá colher a rosa. O cenário contém a imagem de um mapa de Portugal com as diversas espécimes de rosas autóctones identificadas em diversas regiões do território. O observador tem de identificar a rosa pela região solicitada pela rainha. No cenário estão diversas rosas em movimento e o observador tem de “apanhar” a rosa através do rato e transportá-la até à maquina de costura presente no cenário. Quando a coloca na máquina começa , através do rato a “bordar” a rosa desenhando com o rato em cima dos contornos da rosa em tons que deverá aproximar ao tom branco. Esta imagem será “apresentada” no final à rainha para dar o seu parecer.

Com o objectivo de explorar a cor branca, as diferentes zonas de Portugal e as diferentes espécimes de rosas autóctones portuguesas (10 espécimes). O objetivo é adquirir o conhecimento das diferentes zonas de Portugal e da noção de cor branca (uma vez que serão geradas uma série de tons muito próximos do branco).

Diário de bordo

ficha técnica

Este conto interativo é destinado a crianças do final do 1º ciclo do ensino básico, foi realizado em P5.js, é apresentado em computador munido de dispositivo de toque (rato ou outro). A projeção num ecrã adicional ou parede permite o seu usufruto por outros visitantes.

Ana Cristina Completo

Nascida em Angola em 1965. Com licenciatura e mestrado em pintura pela FBAL. Dedica-se à ilustração desde 2008. Concilia a ilustração com a docência de Artes Visuais. Realiza visitas de autor junto de escolas e bibliotecas incentivando à ilustração e à leitura.

O interesse pela temática dos contos e fábulas, aliado à ilustração e à imagem animada contribuíram para a concretização deste projeto.

O facto de estar ligada à docência levou a que questionasse a atenção e a motivação dos alunos na aquisição de conhecimentos. Que aspectos podem influenciar estes dois fatores tão importantes na aprendizagem. Criar um suporte que possa potencializar estes dois aspectos será um desafio.

Em termos artísticos o gosto pela linha, pelo traço a preto e branco como forma de expressão e o gosto pelo expressionismo alemão no cinema podem ter influenciado alguns aspectos estéticos deste projeto.