DMAD

Arte, Comunicação e Contemporaneidade

A complexidade da Arte e da Cultura contemporâneas advém dos processos de transformação que afetaram a sociedade oitocentista e que se agravaram no limiar do século XX. O surgimento da Cultura de Massa e das Vanguardas Históricas, fenómenos antitéticos, mas complementares, alterou a lógica da criação, da distribuição e da comunicação de bens simbólicos na sociedade ocidental.

Através da análise das obras de artistas que trabalham com dispositivos tecnológicos, promovendo arranjos singulares entre a técnica e a arte num universo comunicacional e híbrido, pretendemos explorar os processos de criação, e promover uma reflexão crítica/criativa sobre a circulação de valores, e de bens simbólicos, na contemporaneidade.

Mirian Nogueira Tavares é Professora Associada da Universidade do Algarve. Com formação académica nas Ciências da Comunicação, na Semiótica e nos Estudos Culturais, tem desenvolvido o seu trabalho de investigação e de produção teórica nas áreas das estéticas fílmica e artística. Como professora da Universidade do Algarve, participou na elaboração do projeto de licenciatura em Artes Visuais, do mestrado e doutoramento em Comunicação, Cultura e Artes e do doutoramento em Média-Arte Digital. Atualmente é coordenadora do CIAC (Centro de Investigação em Artes e Comunicação) e vice-coordenadora do doutoramento em Média-Arte Digital.

 

Ana Isabel Soares é doutorada em Teoria da Literatura pela Universidade de Lisboa e Professora Auxiliar na Universidade do Algarve, onde tem tido a cargo aulas nas áreas de Literatura Inglesa, Teoria da Literatura, Literatura e Cinema, História do Cinema, Teoria da Imagem, e Estudos Culturais, além de unidades do Seminário de “Arte, Comunicação e Contemporaneidade” no DMAD. Fez pós-doutoramento sobre Poesia e Cinema Documental Português (Faculdade de Letras de Lisboa, 2009-2010). É membro integrado do CIAC-Centro de Investigação em Artes e Comunicação. Tem publicado artigos e orientado seminários em várias universidades sobre literatura portuguesa (principalmente poesia contemporânea) e sobre cinema português.