DMAD

8º Retiro Doutoral em Média-Arte Digital

Mensagens dos Reitores da Universidade Aberta e Universidade do Algarve e da organização do 8º Retiro Doutoral em Média-Arte Digital.

MENSAGEM DA REITORA DA UNIVERSIDADE ABERTA

2020 é um ano atípico que ficará nas nossas memórias, enquanto professores e estudantes. Todos nos iremos lembrar de que foi o ano do confinamento e do distanciamento social devido à pandemia do COVD 19.

Excecionalmente, e pela primeira vez desde a criação do Doutoramento em Média Arte Digital, em 2012, a oitava edição do Retiro Doutoral do DMAD irá reunir estudantes e professores num ambiente totalmente virtual, com recurso às redes e tecnologias digitais.

Os tempos assim o exigem, porque a segurança das pessoas é fundamental para que possamos perpetuar estas iniciativas que, como todos sabemos, concorrem para a partilha de saberes, troca experiências e práticas sobre formas criativas, alternativas e inovadoras “de pensar e fazer arte” e para a criação de laços de amizade, em qualquer lugar do mundo.

O programa de Doutoramento de Estudos em Media Arte Digital resulta de uma parceria entre a Universidade Aberta e a Universidade do Algarve, e o retiro doutoral é um momento particularmente relevante, pelas abordagens inovadoras que imprime ao processo de ensino e aprendizagem e pela configuração das interações entre os participantes, que potenciam a discussão sobre os resultados dos trabalhos académicos e promovem uma cultura de inovação e abertura ao mundo através das tecnologias e das artes.

Apesar da oitava edição do programa do Retiro doutoral se realizar inteiramente online, não irão faltar espaços para intervenções e atividades de cariz académico, artístico, cultural e social, que deixarão memórias inesquecíveis, permitirão múltiplas aprendizagens e produzirão artefactos artísticos que, parafraseando Leonardo da Vinci, irão exprimir o inexprimível e traduzir o intraduzível.

CARLA PADREL DE OLIVEIRA


MENSAGEM DO REITOR DA UNIVERSIDADE DO ALGARVE

Nas anteriores edições o Retiro ocorreu em distintas localidades, de Norte a Sul de Portugal Continental: Vila Nova de Cerveira (2015), Óbidos (2013 e 2019), Lisboa (2016 e 2018), Silves (2014) e Faro (2017).

Em 2020, na sua 8.ª edição, o Retiro reinventa-se, passando a estar “localizado” em
plataformas digitais. Trata-se de uma realidade a que os estudantes já bem conhecem, pois o Doutoramento em Média-Arte Digital (DMAD), um curso em associação entre a Universidade do Algarve e a Universidade Aberta, foi concebido para funcionar à distância, em classe virtual suportado em plataforma de e-learning.

O Retiro ONLINE continuará a ser um momento de imersão, um período de profunda aprendizagem e partilha para todos os participantes. É a resposta possível aos tempos de incerteza que temos vindo a viver e que não permitiram manter o modelo presencial desta atividade que assinala o final do 1.º ano do programa doutoral.

O cuidado na preparação do programa é garante de uma semana de trabalho intensa, com forte impacto nos projetos de investigação dos doutorandos, em desenvolvimento e a desenvolver.

A todos os participantes, votos de um excelente e inspirador Retiro.

PAULO ÁGUAS


MENSAGEM DA ORGANIZAÇÃO DO
8º RETIRO DOUTORAL EM MÉDIA-ARTE DIGITAL

Neste ano tão atípico, o retiro teve que ser reinventado e ajustado à realidade global de convívio com uma pandemia, que obriga a distanciamento físico. Por desejarmos que não obrigue a distanciamento social, resolvemos assumir e reivindicar um espaço online, que é, na verdade, um conjunto de espaços sociais: os fóruns na plataforma de e-learning, o site dmad.online, desenvolvido especificamente para servir de apoio ao retiro, e as várias sessões de videoconferência que se sucederão ao longo da semana do retiro.

Por isso, o nosso mote este ano é ONLINE, reforçando ainda a natureza do próprio Doutoramento em Média-Arte Digital.

A organização convidou um conjunto significativo de personalidades e docentes que se disponibilizaram em criar apresentações e promover debates orientados para as áreas científicas do DMAD, complementando a oferta curricular através da exploração das suas experiências e interesses específicos, e que, assim o desejamos, contribuam para um continuado abrir de horizontes e expansão de conhecimento dos estudantes.

Contamos, pois, com as presenças dos convidados Heitor Alvelos, Paulo César Teles, Rosangella Leote, João Vargues e Priscila Arantes, e ainda com masterclasses (extra-curriculares) dos docentes Bruno Mendes da Silva, Pedro Alves da Veiga, Ana Isabel Soares, José Alberto Gomes, Isabel Carvalho e Gabriela Borges, a quem agradecemos a disponibilidade e empenho demonstrados.

Um outro ponto tradicional de interesse do retiro doutoral é a apresentação pública dos Projetos de Arte Computacional, que este ano se juntam na exposição “re>>connecting”, cuja curadoria foi realizada de forma colaborativa pelos estudantes da Unidade Curricular de Intervenção Artística e Interculturalidade. Convém assinalar que todos os projetos sofreram adaptações para a modalidade de uma exposição online, dado que originalmente foram concebidos para um ambiente de exposição presencial.

Mas esta alteração paradigmática não desmotivou os seus criadores, que vêm assim restabelecer contacto direto com o público em dois momentos adicionais (1, 2) através de videoconferência, complementado com materiais produzidos expressamente para o site, de forma a permitir o enriquecimento da exploração e investigação dos próprios artefactos.

Agradecemos, pois, a toda a equipa do DMAD (UAb+UAlg) o empenho e disponibilidade que viabilizaram este 8º retiro.

Gostaríamos ainda de prestar uma sentida homenagem à Elizabeth Carvalho, docente da UAb/DCeT, que tanto deu a este doutoramento, e cuja partida muito nos abalou e entristeceu. A sua presença e contributos marcantes ultrapassaram em muito o campo profissional, e ela permanecerá nos nossos corações. Até sempre.

Re-ligamo-nos agora, social e academicamente, online, e desejamo-vos as boas-vindas ao 8º Retiro do Doutoramento em Média-Arte Digital.

Pedro Alves da Veiga
Mirian Tavares
José Bidarra


Notas diversas

Neste 8º retiro do DMAD – ONLINE – as várias sessões estão identificadas por iconografia do tipo abaixo indicado, em que o ícone a traço preto indica a respetiva ativação e a cinza a sua ausência.

conference_onSessão com orador

debate_onSessão com debate

video_onSessão com visionamento de vídeo (YouTube, Vimeo, etc.)

Para avaliação Sessão para avaliação


Todos os horários em WEST

(Western European Summer Time)

Brazil                 – 4
Moçambique    + 1
Macau               + 7


Conselhos sobre a participação em videoconferências

  • Antes de iniciar a participação numa videoconferência, opte por uma divisão mais calma da casa.
  • Teste a luminosidade: esta deve ser adequada para que os outros participantes consigam ver e ler as suas expressões.
  • Faça uma chamada de teste para evitar momentos constrangedores com filtros que não consegue desativar ou fundos estranhos.
  • Verifique que todos os dispositivos estão a funcionar corretamente, tais como o volume, microfone, câmara, o áudio e a ligação à internet.
  • Minimize o ruído de fundo que possa impedi-lo de ouvir ou interferir no áudio dos restantes participantes na videoconferência.
  • Em videoconferências com elevado número de participantes desligue a câmara se não estiver a intervir diretamente.
  • Nas restantes sessões desligue apenas o microfone (mute) para evitar transmitir ruídos de fundo.
  • Para ouvir melhor os colegas e evitar o eco, utilize headphones com microfone incluído, em vez do sistema de som do computador, e coloque em “modo de voo” os restantes dispositivos eletrónicos.
  • Avise os restantes elementos com quem partilha o seu espaço de que vai estar numa videoconferência. Assim, diminui a probabilidade de ser interrompido durante a mesma.